Dias De Gloria | Escrito por Nilton Victorino Filho

Era a nossa segunda participação no Cingabol, no anterior, não tínhamos feito uma má campanha.12, entre 24 times…ótimo, pra um elenco novinho em folha. O diferencial do nosso time sempre foi a resistência física e a unidade dos meninos, treinávamos muito e brincávamos mais ainda e nessa brincadeira, era difícil determinar, com certeza, quando o esquema ia aparecer.

Toda partida que fazíamos, ao chegar à Chácara Bela Vista, os meninos vinham cantando : Dínamo, Dínamo e o motorista dava duas buzinadas, pra acompanhar a musica(devido o comportamento exemplar dos meninos, todos os motoristas assistiam e torciam pro nosso time) isso virou marca registrada e quando chegávamos sem festa, os vizinhos sabiam da nossa derrota.

Na primeira partida, havíamos surpreendido os vice-campeões, da edição anterior e ganho por 2 x 0, ainda assim, as pessoas atribuíram à façanha, pura sorte.
Bom, da noite pro dia o time saiu da obscuridade e passou a ser a força a ser batida, me lembro de ter visto os dirigentes do Raul Seixas, quando chegamos em campo e sentimos toda a arrogância deles, se sentiam favoritos pelo fato de terem chegado à final…mas, não se vence um jogo sem jogar(já dizia Dadá Maravilha) e, na saída do campo, eles não foram mais vistos, de tanta vergonha, saíram pelos fundos.
Então estávamos na partida contra o Haia do Carrão, do meu amigo Helio (que me disse em segredo, que estava com medo) os olhos todos estavam sobre nós, Thomé o organizador, bateu em meu ombro e disse que tinha se emocionado com o meu time, disse para ele que, dificilmente faríamos uma partida tão boa quanto a anterior, ele sorriu.

Reparei que ele, que estava acostumado a ficar na mesa, foi pra arquibancada e a arquibancada estava lotada, éramos a bola da vez e os meninos nem se aperceberam.Começou a partida e, como era meu habito, gritava e organizava meu meio de campo, que era composto com o Danilo e o Victor Luther,ainda que beirasse a perfeição eu gritava com eles, mas o Kiko estava impossível, arrasava com seus dribles desconsertantes, o Rodriguinho e o Robinho tocavam bola e riam, como quem vai ali, na padaria, o Kairon e o Erasmo Anderson, junto com o Carlos Maciel cuidavam da zaga, nosso goleiro nem viu a bola, pra definir com fidelidade, nosso time jogava por musica.Viramos a partida com 4 gols no placar, na hora de tomar o Todynho, o Walace discutia com o Robinho e o Rodriguinho, quem ia fazer mais gols até o fim do jogo.Ri dos meus meninos, estavam no meio de um campeonato e se comportavam como se estivessem treinando.

Eu estava muito feliz, a vida era bela…começou o segundo tempo e o show prosseguiu, olhei para o Helio e ele não estava feliz como eu, olhei para a arqubancada e o Thomé estava vermelho, olhava pro banco do Haia do Carrão, olhei pra lá, não gostei do que vi, me pus no lugar deles e entendi tudo…5 a zero e o adversário estava sendo humilhado…e agora??como parar meu próprio time?? A essa altura o Thomé já estava do meu lado, chamei o Douglas Tio Chico Guedes no banco de reservas, substituir o Danilo poderia resolver meu problema, um volante canhoto poderia diminuir a evolução do meu time.Só ilusão, a coisa ficou pior, Victor e Danilo era uma composição forte, mas Victor e Douglas…arrasadora.Como o

Douglas era mais leve, o Victor saiu e passou a jogar com o Damiao Filho . e… 7 a zero no placar, meu time feliz.E não havia outro recurso disponível, olhei para o relógio, faltavam 10 minutos pro final, sem pensar duas vezes, falei pro Thomé :ACABA O JOGO.O arbitro (que também estava constrangido) encerrou a partida.
Daquele dia em diante passamos a ser grandes e eu passei a me preocupar em ensinar, pros meus meninos a tal da HUMILDADE.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: